Júri

Fernando Melo

Fernando Melo dedica-se profissionalmente à crítica de vinhos e comida desde 1995. Publica regularmente na Revista de Vinhos; revista Notícias Magazine; e Revista Evasões. É autor do guia “Restaurantes de Portugal” do Continente. Faz parte do júri de diversos concursos nacionais e internacionais de vinhos, bem como gastronómicos. É Cavaleiro Confrade Honorário da Confraria do Vinho do Porto. É Engenheiro Físico pelo IST e dedicou 12 anos ao ensino e estudo pós-graduado de Ciências de Computação e Matemática Aplicada. Participou na fundação do Mestrado em Ciências Gastronómicas (FCT/ISA), com responsabilidades na disciplina de Cozinha e Produtos Tradicionais Portugueses. É membro da Academia da Revista de Vinhos.
Chefe Belmiro de Jesus

Nasceu na aldeia de Fiolhoso, distrito de Vila Real no dia 23 de Maio de 1974. Veio para Lisboa tentar a sua sorte e começou a trabalhar como ajudante no restaurante A Tia Matilde. Passou a servir às mesas e o trabalho quotidiano incentivou-o a tirar o curso de Empregado de Mesa. Manteve-se 8 anos como Empregado de 1ª.Pouco tempo depois recebeu uma proposta para trabalhar no restaurante Cinco do Dez onde permaneceu durante 2 anos. Depois foi para o Restaurante A Charcutaria, onde trabalhou durante 5 anos.No ano de 2005, decidiu dar um novo rumo à sua vida e juntamente com um grande amigo abriu um restaurante, o Salsa & Coentros, em Lisboa. Neste seu projecto resolveu trocar a sala pela cozinha, onde se mantém há 10 anos como chefe de cozinha.
Chefe Inês Diniz

É a primeira senhora a ocupar o lugar de júri do concurso A Mesa dos Portugueses e apresenta-se cheia de vontade de provar e aprovar as centenas de receitas que lhe vão chegar vindas de todo o país. É cozinheira profissional há cerca de 28 anos e define a sua cozinha como sendo de “conforto”. Defende o uso de produtos autóctones e é no receituário tradicional português que vai buscar a base para as receitas que serve há cerca de 3 anos no seu restaurante Inês do Aleixo, no Porto. É uma apaixonada pela boa cozinha e tem uma sobremesa no menu que dispensa apresentações e que já é sinónimo da sua arte: a aletria.
Chefe José Pinheiro

Algarvio de gema, estudou cozinha e pastelaria na Escola de Hotelaria e Turismo de Faro. Começou a trabalhar em locais emblemáticos como o Hotel Viking na Praia de Nossa Senhora da Rocha, Quinta do Paraíso em Carvoeiro e uma passagem por Nice.
Aos 24 anos decidiu regressar à sua terra natal e empreendeu numa aventura culinária no seu restaurante Eira do Mel, em Vila do Bispo. A aposta numa cozinha com foco nos produtos regionais algarvios e com inspiração nos ares do Mediterrâneo, resulta em pratos saborosos e descomplicados onde se sente a paixão pelos pormenores. Junta-se pela primeira vez ao concurso A Mesa dos Portugueses como júri.
Chefe Orlando Esteves

Nasceu na região de Coimbra. Andou de hotel em hotel com a forte convicção de aprender e conhecer tudo o que há de novo. A viagem obrigatória para quem pretende evoluir levou-o até Inglaterra, onde solidificou os seus conhecimentos em gastronomia e, em particular, em cozinha italiana. Nos anos 80 regressou a Portugal e estabeleceu-se no Hotel Palácio Estoril, onde chefiou a cozinha durante várias décadas. Foi presidente da Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal e é actualmente figura activa na profissão integrando a equipa de júris de vários concursos de cozinha, como o Concurso Chefe Cozinheiro do Ano, no qual recebeu o Troféu de Grande Mérito pelo seu papel junto da classe dos profissionais de cozinha. A sua experiência e postura fazem dele um guardião. É pela quarta vez membro do júri d'A Mesa dos Portugueses.